Aplicação da Reforma Trabalhista desafia categoria em Campanha Salarial

Mais uma ação, agora do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado do Rio de Janeiro (Sinepe/RJ), quer desrespeitar o professor (a). Os patrões apresentaram uma contraproposta absurda na última rodada de negociação e o Sindicato dos Professores (Sinpro) de Macaé e Região não vai aceitar. Eles querem rasgar a Convenção Coletiva de Trabalho da Educação Básica, documento que regulamenta a atividade docente nas escolas privadas, garantindo condições mínimas de trabalho.

Para nós, fica claro que o que eles estão querendo é aplicar à convenção, as leis da Reforma Trabalhista. Vale ressaltar, que esta medida aprovada no ano passado, tem desafiado o trabalhador, deixando-o em uma situação ainda mais desfavorável na relação patrão x empregado.

O Sinepe RJ quer regredir com a “lista” de reivindicações que foi entregue. Nas “exigências” dos patrões que desconfiguram nossas conquistas estão:

• Extinção da gratuidade de ensino para os filhos dos professores (bolsa de estudos);

• Redução, para não dizermos eliminação, da multa pelo descumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), que cairia de dois slários para 5% do salário base;

• Enxugar a CCT retirando as cláusulas que são mera repetição de lei, tais como: estabilidade gestante, estabilidade acidente de trabalho e controle de jornada.

• Reajuste de 2,69%, sendo a reposição do INPC (1,69%) mais 1% de ganho real. ATENÇÃO! Eles ressaltaram ainda que este reajuste está condicionado ao cumprimento das outras “exigências” colocadas acima.

Com isso, o Sinepe RJ vai levar para dentro das escolas a contratação precária, flexível e sem direitos. Isso é retrocesso! Não vamos aceitar! Garantir os principais direitos da Convenção Coletiva é prioridade absoluta nesta Campanha Salarial.

O Sinpro Macaé e Região apresentou a defesa da vigência do CCT, que terminaria no dia 30 de abril, até o fechamento das negociações. É este prazo que temos para resistir e renovarmos a nossa CCT.

Professor, como vocês podem ver a situação é muito preocupante. Somente com a MOBILIZAÇÃO de todos nós é que podemos derrubar estas medidas que tentam apagar todos os nossos anos de luta.

CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA

Para isso, vamos nos reunir no dia 26 de maio, às 14 horas, em Rio das Ostras, o local será confirmado e divulgado nas redes oficiais do Sindicado. O objetivo é debater estes absurdos, frisar o papel de protagonismo do professor para uma educação de qualidade e exigir melhorias tanto nos ambientes de trabalho como salariais reais.

Fortaleça o movimento, compartilhe as informações nas redes sociais e discuta com os seus colegas de trabalho. O Sinpro Macaé e Região tem se mobilizado por meio das ações e atividades da Campanha Salarial, inclusive, visitado as escolas para levar o assunto a conhecimento de todos os interessados nesta causa: pais, alunos e, principalmente, os professores.


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/sinpromacaecom/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/sinpromacaecom/public_html/wp-includes/functions.php on line 4757