[EDUCAÇÂO INCLUSIVA] SINPRO MACAÉ E REGIÃO CONVIDA

DEBATE ao vivo sobre o "DECRETO 10.502: mudar de escola ou mudar a escola ? Um debate necessário." , no dia 16 de outubro , às 18h , Live pelo YouTube SINPRO MACAE E REGIAO. Diante da “nova” Política Nacional de Educação Especial (PNEE) divulgada pelo Decreto 10.502,...

RODA DE CONVERSA: ESPERANÇAR: PARA UMA EDUCAÇÃO LIBERTADORA

Em comemoração ao dia dos Professores e das professoras, , o Sindicato dos Professores de Macaé e Região realizará uma Roda de Conversa , que homenageará Paulo Freire. "ESPERANÇAR: PARA UMA EDUCAÇÃO LIBERTADORA" , amanhã, dia 14 de outubro de 2020 ( quarta feira) , às...

Sinpro Macaé e Região nas redes sociais

O Sindicato dos Professores de Macaé e Região, amplia a sua presença nas mídias digitais. A presença do Sindicato nas redes busca ampliar também o processo de mobilização, nossa proposta é atualizar a comunicação da entidade para oferecer novos canais de informação...

“Estamos usando Zoom, Google Classroom, Microsoft Teams de uma forma completamente irresponsável” diz Professor Marcos Dantas da UFRJ

Para o professor da Escola de Comunicação da UFRJ estamos entregando os dados de estudantes para corporações privadas, isso é uma privatização da educação através das plataformas de ensino remoto A pandemia trouxe uma série de transformações e há quem diga que muitas...

Por que Arte na Educação? – Dia dos professores com Gilberto Gil

No dia dos professores, o Instituto Arte na Escola está oferecendo um presente pra lá de especial! Gilberto Gil participará de uma live para uma conversa sobre a importância do professor de Artes na Escola e na Educação Antirracista. O IAE convidou algumas professoras...

SINPRO MACAÉ E REGIÃO NOTIFICA ESCOLAS QUE CONVOCAM PROFESSORES PARA TRABALHO PRESENCIAL.

Instituições podem se responsabilizar civil, penal e administrativamente Algumas unidades particulares de educação estão descumprindo decretos estaduais e municipais, que suspendem qualquer atividade presencial nos espaços escolares. As denúncias chegaram ao Sindicato...

As celebrações do dia mundial dos professores em 2020

Em 2020, o Dia Mundial dos Professores celebra o tema “Professores: lidar com a crise e reimaginar o futuro”. O dia fornece a ocasião para celebrar a profissão docente em todo o mundo, para fazer um balanço das realizações e chamar a atenção para as vozes dos...

MP quer restrição ao teletrabalho sem nenhuma regulamentação

Com o trabalho remoto (“home office”) durante a pandemia se tornando o modelo-padrão para muitas empresas daqui para frente, o Ministério Público do Trabalho (MPT) avisou que irá intensificar a fiscalização das condições dos trabalhadores que permanecerão nesse...

Nobel de Economia Joseph Stiglitz: sindicatos são fundamentais na pandemia e na sociedade pós-covid

Otimista, o vencedor do Nobel alerta que a economia verde e com base em conhecimento pode ser altamente eficaz. São projetos que requerem mão de obra e isso ajudaria a lidar com o problema da desigualdade Cláudia Motta - RBA Via Site do Sindicato dos Bancários e...

QUEM SOMOS

No ano de 1986, o município de Macaé vivenciou um momento extremamente rico em termos de mobilização e organização social. Eram os tempos da chamada “Nova República”, quando o país emergia do período ditatorial – que perdurou por 21 anos. Uma paralisação de três dias nas escolas particulares da cidade foi o início do processo de formação da Associação de Professores de Macaé que, anos depois, uniu-se aos demais professores de Campos dos Goytacazes para a estruturação dos Sindicatos dos Professores de Campos.

No dia 4 de novembro de 1994, de forma consensual e democrática, o Sinprocam se dividiu em dois sindicatos, ficando Macaé como município-sede, incluindo ainda os Carapebus, Quissamã, Conceição de Macabu, Casimiro de Abreu e Rio das Ostras. Nascia o atual Sindicato dos Professores da Rede Particular de Macaé e Região. Já no dia 11 de novembro de 2003, uma assembleia da categoria deliberou sobre a extensão de base para os municípios de Silva Jardim e Rio Bonito, dentro de uma política de organização das bases, aprovada em Congresso Estadual da Feteerj.

Desde que o Sinpro Macaé e Região foi fundado, procurou estender sua atuação para além do município-sede, incluindo diretores da base de Rio das Ostras para atender à demanda crescente nessa área. Hoje, conta com uma subsede em Rio das Ostras, para atuar mais de perto, envolvendo os municípios de Casimiro de Abreu (Barra de São João), Silva Jardim e Rio Bonito.

Durante esses 22 anos, o sindicato reafirmou seu papel e responsabilidade social na luta por uma educação libertadora, por uma escola de qualidade para todos e todas, principalmente no momento em que a sociedade exige respeito aos direitos humanos e o meio ambiente. O Sinpro Macaé e Região é filiado a Feteerj e a Contee. Como disse Carlos Drummond de Andrade: “Fácil é sonhar todas as noites. Difícil é lutar por um sonho.”

Fale Conosco

7 + 6 =