O protesto simbólico desta segunda (17) foi realizado em frente à sede da Prefeitura de Macaé. Os profissionais levaram cartazes e faixas e homenagearam os profissionais da educação da rede municipal de ensino que faleceram por covid-19. Eles defendem que todos sejam vacinados para que haja uma volta presencial segura.
Profissionais da educação da rede particular de ensino de Macaé realizaram na manhã desta segunda (17) um ato simbólico pedindo condições mais seguras para a volta às aulas presenciais, principalmente a imunização dos profissionais da educação e as garantias dos direitos trabalhistas.
O protesto foi realizado em frente à sede da Prefeitura de Macaé, no Centro. Os professores levaram cartazes e homenagearam os profissionais da educação que faleceram por Covid-19.
O sindicato reivindica que a Prefeitura de Macaé apresente o calendário de vacinação dos profissionais da educação, testagem em massa , antes do retorno das aulas, manutenção dos direitos trabalhistas , o controle da fiscalização sanitária e para o retorno das atividades presenciais somente com a imunização da população.
Segundo o Sindicato dos Professores de Macaé e Região – SINPRO MACAÉ E REGIÃO, o ato “em defesa da vida, por direitos e vacinação para todos” foi deliberado pela assembleia virtual no último sábado (15).
A pressão pelo retorno às aulas presenciais, ou ensino híbrido, tem tido consequências perversas a todos da comunidade escolar.
Tratar a educação como essencial é respeitar a vida!
O posicionamento do Sindicato é em defesa da vida de toda comunidade escolar contra o retorno das aulas presenciais neste momento de agravamento da pandemia.
Neste sentido, exige-se que sejam adotadas as medidas de segurança sanitária e de proteção à vida para todos os trabalhadores e trabalhadoras da Educação.
São elas:
1 – Testagem de Covid-19 antes do retorno para todos os profissionais da educação e para a população;
2 – Vacina para todos e todas profissionais ( professores e funcionários) da educação e para a população;
3 – Retorno às aulas de forma segura, ou seja, com imunização total de toda comunidade, aferição de temperatura, obrigatoriedade do uso de máscaras, higienização regular das mãos com álcool em gel e distanciamento social.

4 – Respeito e preservação dos direitos trabalhistas e a garantia da estabilidade para os professores com comorbidade e professores com familiares no grupo;
5 – Valorização e respeito aos profissionais da educação e seu trabalho pedagógico.
São ações que oferecem dignidade para quem ensina!
Escolas Fechadas , Vidas Preservadas
Sinpro Macaé e Região


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/sinpromacaecom/public_html/wp-includes/functions.php on line 5107

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/sinpromacaecom/public_html/wp-includes/functions.php on line 5107