O Sindicato dos Professores de Macaé e Região (Sinpro Macaé e Região) se manifesta, declarando todo apoio e solidariedade aos estudantes brasileiros inscritos no ENEM 2021.

Com a suspensão das aulas presenciais devido à necessidade do isolamento social, o ensino à distância, recurso usado para dar continuidade às aulas, aumentou ainda mais a desigualdade entre os estudantes brasileiros.

O descaso do governo federal com os estudantes de baixa renda está evidente na peça publicitária “o Brasil não pode parar”. No vídeo, quatro atores adolescentes dizem que “a vida não pode parar” e pedem para os estudantes estudarem de qualquer lugar e de diferentes formas.

A debandada no Inep consolida desidratação do Enem sob Bolsonaro.
Trinta e sete servidores da autarquia responsável pelo exame pediram demissão a poucos dias da prova. Pouco mais de 3 milhões de candidatos confirmaram a inscrição, o menor número desde 2005.

Nós diretores do Sinpro Macaé e Região e professores (as) de muitos alunos inscritos para as avaliações do ENEM exigimos transparência no processo e respeito aos candidatos.

Neste mais recente e triste episódio de desmonte da educação brasileira fica escancarada a face tenebrosa deste governo. Infelizmente, entrará para a História como inimigo da Ciência e do Conhecimento. Mas suas hostes não passarão e cairão no limbo da memória.

Viva a Educação! Viva os estudantes!

Sinpro Macaé e Região

Facebook
https://www.facebook.com/1544061515920415/posts/3055065961486622/

Instagram
https://www.instagram.com/p/CWgCgo0rbMs/?utm_medium=share_sheet

Site
www.sinpromacae.com.br

Open chat