O Sinpro Macaé e Região aderi a campanha do Laço Branco pelo fim da violência contra as mulheres.

Diálogo sobre violência da mulher e equidade entre gêneros no currículo escolar pode conscientizar meninos a não serem futuros agressores

A cada 7 horas, em média. O diálogo por meio da educação formal é fundamental para quebrar tabus, preconceitos e extinguir este tipo de violências.

Em 6 de dezembro de 1989, um jovem de 25 anos invadi uma sala de aula no Canadá e pediu para que todos os homens abandonassem o local para em seguida pudesse assassinar todas as mulheres daquela turma. Logo após o crime Marc Lipine se matou.

Somente depois, por meio de uma carta deixada pelo rapaz, ficou explicado o motivo da chacina: não concordava que meninas frequentassem um curso tradicionalmente masculino, de engenharia.

#lacobranco #16diasdeativismo #feminicidio #sinpromacae

Open chat